A Pesquisa como ato político na contemporaneidade:

juventude e educação

  • Luís Antonio Groppo Universidade Federal de Alfenas/UNIFAL, Alfenas/MG, Brasil

Resumo

Esse artigo tem como objetivo debater sobre o tema do VI Congresso Salesiano de Educação e X Seminário sobre Educação Sociocomunitária, “A pesquisa como ato político na contemporaneidade”, destacando a natureza política da ciência e da pesquisa científica por conta de sua dimensão crítica. Apresenta exemplos de pesquisas recentes do autor, que são parte de um esforço coletivo de fazer uma ciência crítica e com autonomia em relação aos poderes políticos e econômicos. Entre os resultados, destaca-se o potencial poder emancipador da crítica científica, desde que consiga manter relação de autonomia frente aos poderes políticos, sociais e econômicos; também, a construção de pesquisas sobre as juventudes em que, cada vez mais, de tema de investigação elas passaram a ser suas “autoras”, num profícuo diálogo entre pesquisador experiente e sujeitos jovens.

Publicado
20/12/2019
Seção
Artigos: Seção Nacional