Reação de metano com dióxido de carbono sobre catalisadores NiO/MgO-Beta

  • Aline Simoura de Jesus Universidade Federal de São João del Rei
  • Marcelo da Silva Batista Universidade Federal de São João del Rei

Resumo

Metano (CH4) e dióxido de carbono (CO2) são gases de efeito estufa que podem ser convertidos em gás de síntese para a produção de produtos químicos oxigenados e de hidrocarbonetos. Neste trabalho foi investigada a reação de CH4 com CO2 (reforma seca do metano – RSM) para a produção de gás de síntese usando catalisadores de Ni suportados em zeólita Beta com diferentes teores de dopante MgO (10% em massa de Ni e 0, 5, 10, 20 e 90% em massa de MgO). Os catalisadores foram preparados por impregnação incipiente, caracterizados por fluorescência de raios X (FRX) e difratometria de raios X (DRX) e, avaliados na RSM. Os resultados mostraram que os catalisadores apresentaram composições químicas semelhantes aos teores nominais e tamanhos de cristalitos entre 17-22 nm. Os ensaios catalíticos mostraram que a adição de MgO à zeólita Beta aumentou a conversão de metano e de dióxido de carbono, melhorou a estabilidade catalítica e produziu H2 e CO com razão próxima da unidade. O catalisador NiO/10MgO-Beta (10% m/m de MgO) apresentou altas conversões de CH4 (95%) e de CO2 (97%) e a melhor estabilidade catalítica. De forma geral, os catalisadores NiO/MgO-Beta mostraram-se promissores ao uso na RSM.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Mestre em Engenharia Química, Departamento de Engenharia Química.
##submission.authorWithAffiliation##
Professor associado III do departamento de Engenharia Química da Universidade Federal de São João del Rei.
Publicado
26/06/2017
Como Citar
DE JESUS, Aline Simoura; BATISTA, Marcelo da Silva. Reação de metano com dióxido de carbono sobre catalisadores NiO/MgO-Beta. Revista Ciência e Tecnologia, [S.l.], v. 20, n. 36, jun. 2017. ISSN 2236-6733. Disponível em: <http://www.revista.unisal.br/sj/index.php/123/article/view/597>. Acesso em: 22 out. 2020.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Reforma seca do metano; gás de síntese; gases de efeito estufa; zeólita beta; catalisador