Avaliação do coeficiente de transferência de calor de estufa de secagem de fitas adesivas do tipo fluxo de ar de processo perpendicular ao substrato

  • Joaquim Xavier Nogueira Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Estadual de Campinas – FEM/UNICAMP
  • Caio Glauco Sanchez FEM/UNICAMP
  • Eduardo de Britto Perez 3 M do Brasil

Resumo

As estufas de convecção forçada de ar quente são componentes vitais no processo de manufatura de fitas adesivas. Elas servem para promover a evaporação do solvente presente nos adesivos ou fornecer a energia necessária para reações químicas. Devido à importância do coeficiente de transferência de calor no processo de transferência de energia por convecção na determinação do comprimento final de uma estufa, na qualidade de projeto da estufa e por estar intimamente relacionado com o tipo de escoamento de ar, este trabalho apresenta uma metodologia para a sua medição e também resultados experimentais que são comparados a modelos desenvolvidos por outros autores. A diferença do coeficiente de transferência de calor medido por esta metodologia e comparado com outros autores mostrou-se muito pequena, com uma variabilidade de 1,19%. Altos valores de coeficiente de transferência de calor são desejáveis para o aumento da velocidade de secagem.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Faculdade de Engenharia Mecânica - FEM Térmica e Fluidos
Publicado
26/06/2018
Como Citar
NOGUEIRA, Joaquim Xavier; SANCHEZ, Caio Glauco; PEREZ, Eduardo de Britto. Avaliação do coeficiente de transferência de calor de estufa de secagem de fitas adesivas do tipo fluxo de ar de processo perpendicular ao substrato. Revista Ciência e Tecnologia, [S.l.], v. 21, n. 38, p. 65-76, jun. 2018. ISSN 2236-6733. Disponível em: <http://www.revista.unisal.br/sj/index.php/123/article/view/693>. Acesso em: 22 set. 2019.
Seção
Artigos

Palavras-chave

avaliação térmica; estufas de secagem de fitas adesivas; coeficiente de transferência de calor.