Avaliação do desempenho de brocas helicoidais de carboneto de tungstênio (metal duro) com revestimento PVD na usinagem do aço SAE 1050

  • Marcio Pereira Leandro ULBRA - UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL
  • José Carlos Krause de Verney ULBRA

Resumo

As necessidades do mercado mundial têm motivado a pesquisa de novos materiais para a fabricação de ferramentas. O uso de revestimentos PVD (Deposição Física de Vapor) em brocas helicoidais de carboneto de tungstênio na furação de metais têm o potencial de aumentar a resistência da ferramenta a desgastes aumentando a vida útil. No presente trabalho foram realizadas duas variações de revestimentos base TiAlN e uma com a base AlCrN em brocas, todas com diâmetro 8,35mm com comprimento 7xd com dupla guia. As ferramentas foram testadas em ensaios de furação em cheio no aço SAE 1050 em um centro de usinagem, mantendo os mesmos parâmetros de usinagem. Todos os ensaios foram realizados com refrigeração externa com óleo solúvel, avaliando o desgaste do flanco (VB), rugosidade do furo e altura da rebarba da saída do furo. Foram avaliados o comprimento usinado e número de furos. Ensaios de adesão dos revestimentos das brocas foram realizados, além da análise de desgaste e composição química dos materiais. As brocas revestidas com Alnova (AlCrN) usinaram em média 720 furos apresentando desgaste de flanco de 0,17 mm e altura da rebarba com 0,33 mm, 1200 furos foram usinados com as brocas com revestimento Futura (TiAlN) o desgaste de flanco foi de 0,19 mm e a altura da rebarba máxima de 0,12 mm. O revestimento Pertura (TiAlN ) apresentou o melhor resultado usinando 1680 furos com desgaste de flanco 0,12 mm e altura da rebarba com 0,12mm. As rugosidades superficiais dos furos usinados não apresentaram diferenças significativas durante os testes.
Publicado
26/06/2018
Como Citar
LEANDRO, Marcio Pereira; VERNEY, José Carlos Krause de. Avaliação do desempenho de brocas helicoidais de carboneto de tungstênio (metal duro) com revestimento PVD na usinagem do aço SAE 1050. Revista Ciência e Tecnologia, [S.l.], v. 21, n. 38, p. 77-85, jun. 2018. ISSN 2236-6733. Disponível em: <http://www.revista.unisal.br/sj/index.php/123/article/view/694>. Acesso em: 22 set. 2019.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Revestimento PVD;Brocas helicoidais;Rugosidade;Desgaste de Aresta.